Pesquisa
Para pesquisar informação estatística por país deverá usar o menú "Países de destino da emigração portuguesa".
2015-05-12 [Destaques]
In a sample of 349 Portuguese nurses in the United Kingdom, close to half were young, recent graduates, 25 years old or less and found their first job upon emigration to the UK.
Numa amostra de 349 enfermeiros portugueses emigrados no Reino Unido, cerca de metade eram jovens recém-licenciados, com menos de 25 anos, que aqui encontraram o seu primeiro emprego mais
2015-05-07 [Destaques]
A população portuguesa emigrada na Dinamarca, Noruega e Suécia tem vindo a aumentar desde 2013. mais
2015-03-20 [Destaques]
The Factbook is intended to be an annual compilation of the main indicators of Portuguese emigration, making it available in a condensed format to all those requiring this information: in particular to researchers, decision-makers and journalists. mais
2015-03-20 [Destaques]
A França é o terceiro país para onde emigram mais portugueses. mais
2015-05-22 [Notícias]
Organizadores da manifestação agendada para 30 de maio esperam algumas centenas de lesados do BES em frente à delegação do Novo Banco, no chique quarteirão do Trocadero. Desespero leva alguns a ameaçar fisicamente funcionários do banco. mais
2015-05-21 [Notícias]
A economista-chefe do BPI considerou hoje à Lusa que a queda do valor das remessas de emigrantes portugueses em Angola "era expectável" e antecipou que as verbas estabilizem "num patamar distante do passado recente". mais
2015-05-21 [Notícias]
Subida para 786,5 milhões no primeiro trimestre. mais
2015-05-19 [Notícias]
Divulga-se a International Conference Migrant Descendants and "Homeland Returns": Identity, Belonging and Transnational Mobility, que terá lugar nos dias 21 e 22 de maio/2015, no ICS. A Conferência conta com a participação e organização do investigador do CEMRI/UAb, doutor João Sardinha, assim como da investigadora do mesmo Centro, professora catedrática Maria Beatriz Rocha-Trindade, como oradora principal. mais
2015-05-12 [Notícias]
Quando Ana pensou deixar Portugal tinha 52 anos. Vive na Arábia Saudita há três, onde a nacionalidade condiciona o salário. Precisa de um motorista para andar de carro e de um intérprete para o contacto com os doentes, mas diz que não se arrepende da decisão que tomou. O que mais a aflige é a ideia da proibição. “Nada do que para nós é natural é natural aqui.” mais
2015-05-12 [Notícias]
Trata-se de um fenómeno que é encarado com um “momento histórico”: o número de enfermeiros portugueses a trabalhar no Reino Unido aumentou cinco vezes em quatro anos. Só que até agora pouco se sabia sobre eles. mais
 
logo_comunidades logo_cies